domingo, 13 de fevereiro de 2011

Tu lipa, Eu calipto

- ou uma declarção às avessas


és colorida
um pouco aérea,
e só pensas em ti.
Sou meio cinzento,
algo rasteiro,
e só penso em Pi.
Somos cada um de um pano
uma sã e o outro insano.
Tu,cano.
Eu,clidiano.

Dizes na cara
o que te vem a cabeça
com coragem e ânimo.
Hesito entre duas palavras,
escolho uma terceira
e no fim digo o sinônimo.
Tu não temes o engano
enquanto eu cismo.
Tu,tano.
Eu,femismo.


Luis Fernando Veríssimo

~

2 comentários:

Rα i sα ~ disse...

li e senti tão verídico. veríssimo. mas de lá pra cá e nunca o contrário. afinal, sou eu quem faz pesar nas tuas ninharias de dúvida um meio quilo qualquer da minha certeza insolente, imbecil e irresponsável.

-any valette disse...

Que bonito, Rai.

Lilith

Minha foto
25 anos de sol em leão. queria voltar ao tempo em que era cool escrever letra de música no perfil / cozinha, escreve, pratica boxe e é jornalista nas horas vagas / acha que "transtornada" é um nome muito bacana para quem tem TDAH, eu tenho.